Puligny-Montrachet Village 2020 – Domaine Jean Louis Chavy

R$890.00

O que dizer sobre Puligny-Montrachet? São os vinhos brancos mais sofisticados da Borgonha. Aqui Jean-Louis Chavy nos presenteia com um espetacular exemplar, um branco poderoso e com frescor incrível. Nariz fresco e aromático com notas iodadas e minerais. Paladar puro, preciso e vivo, incluindo notas amanteigadas e de brioche.

Este vinho geralmente acompanha bem peixes gordos, mariscos ou queijos suaves.

Simulação de frete

Produtor

Domaine Jean-Louis Chavy

Na entrada da prestigiosa vila de Puligny-Montrachet, ao sul de Beaune, entre Meursault e Chassagne-Montrachet, fica o Domaine Jean-Louis Chavy. Com denominações tão prestigiosas como Puligny 1er Cru Folatières, Perrières, Clavaillons ou Champs Gain, Jean-Louis Chavy oferece uma gama de excelentes vinhos brancos da Borgonha. Vinhos feitos com respeito pela tradição borgonhesa, mas com um toque de modernidade que garante vinhos puros e profundos com belas tensões.
Puligny-Montrachet beneficia dos terroirs mais favoráveis para a produção de vinhos brancos, com excepcional complexidade aromática e grande delicadeza.
Jean-Louis Chavy é um dos filhos de Gerard Chavy e agora dirige seu próprio Domaine. Seu irmão Alain administra o Domaine Gerard Chavy por conta própria.
Jean-Louis e Alain dividiram os vinhedos da família entre eles, compartilhando algumas das melhores parcelas tanto em Puligny, quanto em Meursault. Jean-Louis controla a parcela Premier Cru Perrieres, enquanto Alain mantém a parcela Pucelles.
A adega foi concluída em 2004 e o estilo de vinificação e envelhecimento é tradicional. É cedo para falar de um estilo de casa para Jean-Louis, mas os seus vinhos são até agora apresentam-se muito elegantes e sem qualquer influência perceptível do carvalho. Nos dias atuais Jean Louis conta com a ajuda do seu filho Paul.

Descrição

Puligny-Montrachet Village 2020

O Domaine Jean Louis Chavy é uma pequena vinícola familiar, conduzida por paí e filho (Jean-Louis e Paul Chavy), que produz vinhos artesanais de alta qualidade usando técnicas tradicionais de vinificação. Seu Puligny-Montrachet é caracterizado por seus aromas complexos de frutas cítricas, pêra e flores brancas, bem como por sua acidez equilibrada e textura rica e cremosa.

Este vinho é altamente apreciado pelos entusiastas e críticos do mundo do vinho pela sua elegância e profundidade de sabor. Pode ser apreciado jovem, mas também tem potencial para envelhecer vários anos, desenvolvendo ainda mais complexidade e profundidade ao longo do tempo.

Esse Village provém de algumas parcelas da comuna de Puligny Montrachet. Les Tremblot tem bastante calcário, e Jean-Louis descreve como “o caráter Puligny”, Les Meix, Les Levrons (caráter redondo de pedras e solos de cascalho com boa drenagem), Corvée des Vignes e Les Reuchaux. Jean-Louis usa uma prensa pneumática para os cachos da Chardonnay, e dá ao suco um período de sedimentação de 24 horas. Todos os vinhos são fermentados em barris. Jean Louis adiciona uma levedura cultivada da Borgonha para que a fermentação comece rapidamente e continue a uma temperatura uniforme até secar. Ele permite que as bactérias nativas completem a fermentação malolática e prefere a bâtonnage regular porque gosta da textura e redondeza que ela confere aos vinhos. O vinho envelhece por 18 meses (11 meses em barrica e depois 7 meses em cubas de aço inoxidável ) sendo 20% de carvalho novo.

Jean-Louis e seu filho Paul criaram um Puligny-Montrachet particularmente bem definido, com nariz exótico de frutas florais, grande intensidade e riqueza, tudo equilibrado por uma acidez fresca. Definitivamente superando seu peso e exibindo estilo e equilíbrio superiores.

Nariz fresco e aromático com notas iodadas e minerais. Paladar puro, preciso e vivo, incluindo notas amanteigadas e de brioche. Um branco de cor amarelo moderado. Levemente condimentado com notas cítricas e pêssego branco no nariz. Sabor de toranja e pêra vivas com caráter mineral; a textura suave com acidez moderada e final longo e picante.