Exclusivos

Domaine Chavy-Chouet - (Meursault)

Os 13 hectares de vinhedos do Domaine Chavy-Chouet estão divididos entre Meursault, Puligny-Montrachet, Saint-Aubin, Volnay e Pommard, possui um monopole de 0.9 ares, oClos des Corvées de Citeaux que data de 1893. Romaric Chavy é a estrela em ascensão na produção de excepcionais vinhos brancos da Bourgogne, representa a 7ª geração devignerons na Côte de Beaune, jovem vinicultor começou cedo o aprendizado, aos 12 anos já ajudava o padrinho François Mikulski na lida da vinha. Deu prosseguimento ao aprendizado em alguns países vinícolas (África do Sul, Espanha, Grécia, além do Languedoc) até assumir o comando do Domaine que leva seu nome, Romaric ainda contou com os ensinamentos essenciais do seu pai Hubert Chavy, que foi um produtor meticuloso e carismático. Apesar de jovem Romaric é um vigneron experiente, focado em seu terroir e no potencial das vinhas que ele cuida de maneira orgânica, é bastante inteligente e com uma filosofia incrível, para ele fazer grandes exemplares é natural. Devido a alta constante nos preços de Domaines consagrados, os vinhos de Chavy-Chouet estão sendo a escolha mais que correta adotadas por alguns restaurantes. Com um Domaine excitante, Romaric é ovigneron do futuro já no presente; os rótulos que produz são ricos, encorpados, com um maravilhoso frescor e enorme vitalidade. Seus vinhos estão alcançando notoriedade mundo a fora, inclusive aqui no Brasil pelos amantes de vinhos de exceção.

AGUARDEM

Domaine Edmond CORNU - (Ladoix)

Em Ladoix, primeiro vilarejo da Côte de Beaune, precisamente ao pé da famosa colina de Corton, Edmond Cornu e seu filho Pierre prosseguem a tradição familiar de vinhateiros no Meix Gobillon. Propriedade construída pelo bisavô de Edmond, o Domainepossui um claustro de 12 côvados de vinhas, galpões operacionais e uma adega em arcadas recentemente reformada, simbolizando o arraigamento da família ao terroir e ao métier de grandes vignerons. Edmond sempre foi um vinicultor de enorme simpatia, hoje um pouco mais afastado do dia-a-dia do Domaine, deixa essa incumbência a seu filho Pierre. Vigneron apaixonado Pierre é desses vinhateiros que recebe os visitantes, entre tonéis e pipetas, com o prazer de quem expõe aos amigos seu primeiro bebê. Com a ajuda da esposa Edith e do sobrinho Emmanuel, Pierre conduz esse pequeno Domaine familiar símbolo da diversidade dos terroirs da Bourgogne, de maneira meticulosa e apaixonada. Os vinhos que Pierre Cornu produz são deliciosos, frutados, finos, elegantes e estruturados. Exemplares que podem ser apreciados jovens, mas com que possuem um bom potencial de envelhecimento. Os vinhos do Domaine Edmond Cornu se adequam aos paladares mais exigentes.

 

AGUARDEM

Domaine Gachot-Monot - (Nuits-Saint-Georges)

O Domaine Gachot-Monot do amável casal Damien e Lise está localizado no pequeno vilarejo de Corgoloin, porém não menos importante, pois é a porta de entrada da Côte de Nuits em Nuits-Saint-Georges. O manejo do vinhedo do Domaine está a cargo de Damien Gachot, vigneron da nova geração, é o queridinho de Aubert de Villaine. Damien é um criador vinhos incríveis, tem a capacidade de equilibrar as filosofias tradicionais nos vinhedos e o respeito ao terroir com metodologias mais contemporâneas na adega. Seu estilo consegue graciosamente alcançar a flexibilidade e a acessibilidade sem sacrificar a autenticidade, a tipicidade ou a capacidade de envelhecer. Lise, esposa de Damien, uma dinamarquesa radicada na Bourgogne é quem cuida de toda parte comercial, e amavelmente conduz a uma apresentação sem igual da propriedade, que está na sua 5ª geração. Domaine de 14 hectares divididos entre as denominações de Nuits-Saint-Georges, Chambolle-Musigny, Côte de Nuits-Villages e Saint-Aubin. Os exemplares produzidos no Domaine Gachot-Monot representam excelente relação preço-qualidade.

AGUARDEM

Domaine Georges LIGNIER et Fils - (Morey-Saint-Denis)

Georges Lignier faz parte de uma família que está intimamente ligada a Morey-Saint-Denis, todos os Lignier são excelentes vignerons. O Domaine Georges Lignier que está em sua 4ª geração, foi fundado no início do século XX por Georges que herdou excelentes vinhedos do seu avô Jules.  Localizado no coração da Côte de Nuits, berço dos grandes vinhos tintos da Bourgogne, o Domaine Georges Lignier abrange impressionantes 16 hectares, incluindo 4,5 hectares de parcelas 1ers Crus e 3 hectares em Grands Crus, distribuídos entreGevrey Chambertin e Morey-Saint-Denis. A frente da propriedade está Benoit Stehly, sobrinho de Georges Lignier, que por 10 anos trabalhou ao lado do tio, e desde 2008 assumiu o controle do Domaine. Benoit tem uma abordagem bastante tradicional, busca atingir a concentração máxima de aromas, acima de qualquer outra caraterística, para atingir esse fim ele aplica varias técnicas, entre elas a colheita tardia e desengace total, para que seus exemplares guardem todas as suas estruturas, não são filtrados nem colados.  Os vinhos que Benoit produz no Domaine Georges Lignier tem uma sedutora veia de elegância, caracterizados por sua finesse, excelente equilíbrio e taninos sedosos, um convite ao prazer.

AGUARDEM